Marketing Digital

Redes sociais: porque são importantes para a minha empresa?

Um dos trabalhos que desenvolvo enquanto freelancer é precisamente gerir redes sociais de empresas. E a grande conclusão que tiro é que a maioria das empresas portuguesas não está a aproveitar as grandes vantagens das redes sociais, nem tem interesse nelas. E este é um erro tremendo. Parece que por mais tecnologia e desenvolvimento que exista, estamos sempre um passo atrás das grandes potências mundiais. O Brasil, por exemplo, está uns oito anos à nossa frente no que diz respeito a marketing digital.

Portanto, existe potencial, mas a grande dificuldade, aqui, é fazer com que as empresas vejam tudo o que podem alcançar com a devida estratégia digital. Neste artigo vou enumerar algumas das razões porque eu considero as redes sociais como uma peça importantíssima na estratégia de marketing de uma empresa.

95% dos portugueses fazem login numa rede social pelo menos uma vez por dia

Os dados são de um estudo recente da Marktest referente a 2019 e demonstram bem a importância que as redes sociais têm na vida das pessoas em Portugal. 95% é muito perto dos 100%, o que quer dizer que a grande maioria dos portugueses já se rendeu às redes sociais. É fácil perceber porquê. Com a chegada dos smartphones, e com o aparecimento de modelos mais “económicos”, hoje em dia toda a gente anda com a internet no bolso, ou na carteira. Basta pegar no smartphone e pesquisar algo, partilhar uma fotografia ou ver o que andam os amigos a fazer. Tudo é feito no móvel e isso fez com que o acesso a estas redes aumentasse exponencialmente.

Assim, se tantas pessoas passam tempo nas redes sociais, o seu cliente pode estar inserido neste grupo. Até você está, ou estou errada? Pelo menos conta no Facebook, em princípio terá. Ou se for mais jovem, certamente que utiliza o Instagram. Não deveria, a sua empresa, estar onde os seus clientes estão?

As redes sociais são ferramentas gratuitas

Isso mesmo, são ferramentas gratuitas. Não é preciso pagar para criar uma conta e começar a partilhar conteúdo. Existem, obviamente, opções de anúncios pagos, mas isso deve-se à utilização dos dados das plataformas e ao acesso à segmentação de dados. No entanto, a grande essência, é gratuita.

O ideal não é que aposte todas as fichas numa rede social, porque na realidade a plataforma não é sua e o dono pode decidir acabar com ela de um dia para o outro. É importante possuir um site próprio, claro. Porém, já que as pessoas circulam, comentam e visitam páginas nas redes sociais, a sua empresa tem que lá estar também, para que possa, igualmente, ser encontrada, visitada e comentada.

Permitem conquistar novos clientes e aumentar as vendas

A publicação nas redes sociais é uma excelente forma de atrair novos clientes. A sua página deve representar o ADN da empresa e os seus conteúdos devem ir ao encontro daquelas que são as necessidades e as preferências da sua audiência.

Nestas plataformas consegue, de uma forma mais próxima, dar a conhecer a empresa e os seus produtos e manter um relacionamento com os seus seguidores. São, também, uma óptima técnica para canalizar mais tráfego para o seu website.

A publicidade é muito barata, em comparação com o offline

Anunciar através das redes sociais é muito em conta, principalmente se estivermos a falar do Facebook e Instagram. No Linkedin é um bocadinho mais caro, mas o objetivo aqui também será um bocadinho diferente. Mas voltando àquelas que são as mais populares atualmente, Facebook e Instagram, para ter uma ideia, é possível conseguir resultados apenas com 1€ por dia. E convenhamos, a grande vantagem desta publicidade, além dos preços, é sem dúvida as opções de segmentação. Você consegue escolher quem irá ver o seu anúncio:

  • As faixas etárias;
  • Se é homem ou mulher;
  • Onde vivem ou estão localizados;
  • Que interesses possuem;
  • Se têm algum curso superior ou outro nível de educação,
  • etc

Em que outra plataforma consegue anunciar com este detalhe? Se distribuir flyers na rua, provavelmente a maioria das pessoas vai aceitar o papel e deitá-lo fora logo de seguida. Qual é a taxa de sucesso dessa campanha? Muito reduzida. O mesmo se passa com um cartaz na rua: é preciso a conjugação de uma série de factores para levar uma pessoa apenas a olhar e a ler o cartaz, quanto mais a tomar alguma ação.

Os dados são vida

Há quem diga que os dados são o ouro desta era em que vivemos e eu não podia concordar mais. Os dados são tudo e nas redes sociais conseguimos saber: quem visita as nossas páginas, que idades têm, onde vivem, do que gostam… Conseguimos também perceber qual é o produto preferido das pessoas, quais são os conteúdos que geram mais interação e muito mais. Saber ler os dados a planear a estratégia a partir dessa leitura é o que distingue um bom profissional de outro e é por isso que deve apostar em ajuda profissional para fazer a gestão das redes sociais da sua empresa.

Dados ligam o mundo

Portanto, de uma forma resumida, há sete grandes vantagens oferecidas pelas redes sociais:

  1. Alcançar maior notoriedade da marca;
  2. Fidelizar clientes;
  3. Aumentar o número de vendas;
  4. Transmitir uma imagem positiva;
  5. Aumentar o tráfego para o seu website;
  6. Publicitar a preços reduzidos;
  7. Monitorizar os resultados.

Antes de terminar, gostaria apenas de deixar claro que existem sim, imensas vantagens da utilização de redes sociais nos negócios, porém, os resultados não surgem da noite para o dia. Da mesma forma que uma amizade leva tempo a crescer, criar uma relação com os seguidores e atrair um bom número deles é algo que é conseguido através da consistência. Pode levar meses, pode levar anos, depende sempre do background da empresa no meio e de quanto ela pretende investir.

De qualquer forma, a conclusão é óbvia: comece já hoje a trabalhar estratégia da sua empresa nas redes sociais!