Notícias

Empresas europeias faturaram 208 mil milhões de euros em vendas através das redes sociais

Um relatório da Copenhagen Economics, solicitado pelo Facebook, trouxe à luz do dia dados muito interessantes acerca das vendas através das redes sociais. Segundo este relatório, as empresas europeias analisadas conseguiram gerar 208 mil milhões de euros em vendas só em 2019. A atividade nestas plataformas também originou cerca de três milhões de postos de trabalho, um facto igualmente interessante.

De acordo com a Copenhagen Economics, no total foram analisadas 7,720 empresas de diferentes setores e dimensões dentre 15 países europeus, onde Portugal se inclui. Todas as empresas utilizam as plataformas que o Facebook detém, ou seja, Facebook, Instagram, WhatsApp e Messenger. Os resultados mostram que as tecnologias digitais como as aplicações do Facebook são úteis para o crescimento económico, vendas e inovação.

São dados importantes, na medida em que ajudam a perceber exatamente o impacto que as redes sociais têm nos negócios. O estudo da Copenhagen Economics refere, ainda, que 58% das empresas fundadas por mulheres concordam que o Facebook é importante para impulsionar os negócios no início de vida destes e 65% destas acrescentaram, ainda, que a rede social foi de grande ajuda para aumentar a receita.

Crescimento dos negócios

Como vimos, as redes sociais parecem ser especialmente úteis  no início de um negócio, como forma de potenciar o seu crescimento. A este respeito, as principais conclusões foram:

  1. 47% considera as ferramentas úteis para lançar um novo negócio
  2. 59 % acredita que as redes sociais são importantes para o crescimento da empresa
  3. 58% referiu que as plataformas digitais são um auxílio na redução dos custos com marketing
  4. 55% concorda que as redes sociais são um instrumento importante para alcançar novos mercados

Vendas através das redes sociais

O estudo tem, também, dados relativo a exportações. De facto, 7 em 10 empresas que utilizam o Facebook exportam para fora do seu país, comparado com as 5 em 10 empresas que não estão a utilizar o Facebook. O mesmo grupo que usa estas ferramentas, apresenta um total de 19% das receitas provenientes das vendas internacionais.

No total, totalizam-se 98 mil milhões de euros em exportações, dos quais 58 mil milhões dizem respeito às vendas na União Europeia e os restantes 40 mil milhões a vendas no resto do mundo.

Parece que o paradigma na Europa começa a mudar, já que, segundo dados do Facebook, hoje em dia mais de 25 mil milhões de empresas na União Europeia utilizam regularmente os serviços disponíveis na plataforma e estão empenhadas eu promover mais vendas através das redes sociais.

Leia ainda: